quarta-feira, 6 de maio de 2015

Assembleia Geral do SINTSAUDERJ, 25/05

No próximo dia 25 de maio de 2015, será realizada a assembleia geral do SINTSAUDERJ, ás 10:00 horas nos Arcos da Lapa, Centro do Rio de Janeiro.

Pauta:

*Entrega do formulário da ação de indenização de campo (crédito na Conta Corrente)
*Ação de Liberação do FGTS
*Reajuste Salarial (PL 1030/15)
*Ação de Correção do FGTS 
*Aposentadoria Especial

A participação da categoria é de fundamental importância neste momento decisivo, pois os trabalhadores (as) tem que demonstrar do lado em que estão, ainda mais não hora que é preciso lutar para liberar pagamento de recursos que nos são devidos.

Dos Arcos da Lapa sairemos em Marcha para o TRT1 na Rua do Lavradio, sua participação será decisiva para a velocidade do andamento do processo na justiça, não esqueça que luta faz a Lei.

Atenção: Estaremos recolhendo o formulário no Local da Assembleia.


quinta-feira, 30 de abril de 2015

1º de Maio: todos à Lapa por Direitos, Democracia, Combate à Corrupção e Contra o PL 4330

Em defesa dos direitos da classe trabalhadora, da democracia, pela punição dos corruptos (mas pela manutenção dos empregos e da Petrobras, patrimônio do povo brasileiro) e contra o PL 4330, que retira direitos históricos de todos os trabalhadores, CUT, CTB , Conlutas, além várias entidades dos movimentos sociais, como MST e UNE, convocam para a grande manifestação do Dia do Trabalhador, no próximo dia 1º de maio, sexta-feira, a partir das 15h, na Lapa.
Dia de luta em homenagem aos mártires de Chicago
O 1º de Maio é um dia de luta por ampliação de direitos da classe trabalhadora e de reflexão sobre os direitos conquistados por trabalhadores de todo o mundo. A história que se tem registro começa em 1986, quando trabalhadores de Chicago (EUA) fizeram uma greve geral para reivindicar redução da jornada de trabalho de até mais de 16 horas diárias para oito horas. A polícia reprimiu violentamente o movimento. Dezenas de trabalhadores foram feridos e alguns mortos. Anos depois, vários países reconheceram  a data como feriado, entre eles o Brasil, a partir de 1925.
Em 2015, nós trabalhadores estamos nas ruas, reivindicando respeito aos direitos duramente conquistados e por sua ampliação .
Em defesa dos direitos, contra o PL 4330 e o ajuste fiscal – Continuaremos a pressão contra  aprovação do PL 4330, que agora passará a tramitar no Senado depois de ter aprovado na Câmara, que retira direitos dos trabalhadores ao permitir uma terceirização sem limites, em todas as funções de qualquer empresa e setor. Também permaneceremos mobilizados contra a Medida Provisória nº 664, que muda as regras para a concessão do auxílio-doença e pensão por morte, e contra a MP nº 665, que dificulta o acesso ao seguro-desemprego e ao abono salarial. Somos contra a política de ajuste fiscal que penaliza os trabalhadores, gerando desemprego e recessão. Defendemos a taxação das grandes fortunas, como primeiro passo para a reforma tributária em nosso país.
Em defesa da democracia, contra o golpe – Nossa luta também é pela manutenção do estado democrático de direito, contra a onda golpista em curso, que, caso vitoriosa, trará retrocessos para a classe trabalhadora, para juventude, para as mulheres. Nossa luta é contra o preconceito de gênero, raça e etnia, crença, orientação sexual, ideologia política e outras opressões.
Corrupção se combate com fim do financiamento empresarial de campanhas – Corrupção se resolve com reforma política, com a proibição do financiamento empresarial  das campanhas eleitorais, e não com golpe de Estado. Enquanto essa forma de financiamento  não for proibida, o sistema político brasileiro continuará a seguir os interesses das empresas que financiam as campanhas, e não os interesses do povo brasileiro.
Em defesa da Petrobras e do pré-sal, patrimônios do povo – A Petrobras é do povo brasileiro e não dos patrões. Os ataques á empresa por parte do empresariado e seus representantes contam com o apoio da grande imprensa e tem o objetivo de enfraquecer esse patrimônio brasileiro, para que possam privatizá-lo e, assim, os recursos do pré-sal , que deveriam ser destinados à saúde e educação, iriam para iniciativa privada, aumento ainda mais os lucros dos capitalistas.


Direito não se reduz, se amplia ! Por reforma agrária, urbana, tributária e política.

Nota de Repúdio da CNTSS/CUT contra agressão de professores

Confederação manifesta sua incondicional solidariedade aos servidores do Estado do Paraná que foram vítimas da tirania do governador Beto Richa (PSDB)


Escrito por: Assessoria de Imprensa CNTSS/CUT


A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social, por meio de sua Direção Nacional, vem a público manifestar seu mais veemente repúdio às decisões tomadas pelo governador do Estado do Paraná, Beto Richa (PSDB), que nesta quarta-feira, 29 de abril, desencadearam os atos de violência perpetrados pela Polícia Militar do Estado contra os servidores públicos estaduais, em sua grande maioria professores, que se encontravam em manifestação pacífica nos arredores da Assembleia Legislativa daquele Estado.

As imagens fartamente registradas pelos inúmeros veículos de comunicação presentes no local retratam de forma definitiva e inequívoca a truculência exercida contra os trabalhadores. Flagrantes das atrocidades cometidas contra os servidores estaduais que foram divulgados para todo o Brasil e pela mídia internacional. O fato demonstra claramente a real face do atual governo do estado do Paraná. Uma administração que não dialoga com os trabalhadores, retira de forma despótica e tirânica seus direitos históricos adquiridos a partir de muita luta e, ainda por cima, age de modo cruel e desumano contra os servidores.

A CNTSS/CUT também manifesta sua incondicional solidariedade aos servidores do Estado do Paraná que foram vítimas na data de ontem desta atitude brutal e violenta por parte do governo do Estado. Cenas que pareciam ter se perdido no tempo com o fim da ditadura, mas que foram reeditadas de maneira torpe pelo governador Beto Richa. Todo apoio aos servidores estaduais do Paraná.


Direção Nacional da CNTSS/CUT

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Assembleia Geral

Na próxima segunda-feira, dia 04 de maio, o SINTSAUDERJ realizará assembleia geral, ás 10 horas nos Arcos da Lapa, Centro do Rio de Janeiro.

Pauta:

Liberação do FGTS
Ação de Indenização de Campo
PL 1030/15- alteração da tabela salarial
Informes sobre processo administrativo das férias
Assuntos Gerais.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Nota Oficial Sobre Cobrança Irregular do Plano de Saúde

A posição oficial do nosso sindicato é que o boleto que vem sendo enviado para alguns trabalhadores da nossa categoria constitui fato grave e inaceitável, pois na nossa opinião visa tornar letra morta uma decisão do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro-TJRJ.

Dada a gravidade da atitude adotada pela CAPESESP o nosso sindicato tomará ainda esta semana as medidas cabíveis, para tal solicitamos sejam enviados os boletos emitidos pelo plano junto com a sua respectiva carta, assim como, dois contracheques para email do sindicato, sendo um dos contracheques de fevereiro de 2014 e outro do mês atual.

sintsauderj@gmail.com

Vamos lutar para garantir os nosso direitos...

Começa a tramitação do PL da Correção da Tabela na Câmara

Hoje começou a tramitar na Câmara dos Deputados o PL que versa sobre a correção da nossa tabela salarial, ou seja, o PL1030/15. Isto é uma grande vitória do nosso SINTSAUDERJ, ainda mais em uma ano de forte ajustes econômicos.


Veja as respostas dadas pelo MPOG e AGU ao processo de férias em dobro

A batalha pelo pagamento administrativo das férias em dobro teve mais um avanço, veja as respostas da AGU e do MPOG sobre o assunto: 


Projeto de Lei de correção da tabela já consta no site do Planalto

Veja na página do Planalto o projeto de lei que destina-se a correção da nossa tabela salarial.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Despacho da Presidente Dilma sobre tabela salarial foi publicado hoje no DOU

No dia de hoje(01/04) foi publicado no Diário Oficial da União(DOU) o Despacho da Presidenta Dilma que encaminha o o Projeto de Lei ao Congresso Nacional que reabre o prazo de opção para ingresso nos Quadros do Ministério da Saúde, assim como, altera o vencimento básico de que dispõe a Lei 13026/14.

Esta é mais uma vitória do SINTSAUDERJ!

Clique na imagem e leia o texto do Despacho Presidencial n.º81/2015





O Despacho da Presidenta Dilma pode ser visualizado na página da imprensa oficial através do link abaixo:

Clique Aqui



sábado, 28 de março de 2015